Ex-amigos. Desintoxique-se.

Muito ao contrário do que diz a canção, eu realmente sou uma pessoa que sabe dizer adeus.

Sim, adeus! Simples assim.

Da mesma maneira em que tenho a facilidade gigantesca de fazer amizades eternas “em 4 horas”, também tenho a tranquilidade, agilidade, eficácia e precisão cirúrgica em desfazer nós que nos prendem a algumas pessoas que passam pela nossa vida e eles são os nossos ex-amigos.

É um assunto delicado, trágico, melancólico até chororô. Pra mim, não. Tento, mas não entendo, como pessoas se mantêm reféns, amarradas, acorrentadas, presas e escravas de maus amigos. Não é crime nos “divorciar-mos” de algumas amizades que já não casam mais com o nosso way of life, pois acredito que estamos nesse mundo para evoluir, ir pra frente e percebam, evoluir significa passar por transformações sucessivas e isso também significa apertar alguns laços e desatar alguns nós. Faz parte.

Devemos então abandonar os amigos em situações difíceis? Ou nos afastarmos porque um ficou mais quebrado ou ficou mais “playba”? Dizer uma BASTA para aquela amiga folgada que nunca devolve as suas roupas?

É CLARO QUE NÃO! Para todas, menos para a última, sendo que você pode dar esse toque na sua amiga que tem um buraco negro para coisas emprestadas, mas sem deixar de amá-la. =)

Quando existe a fina sintonia e uma troca de energia sinérgica, espiritual, cósmica, transcendental, você seguramente pula numa piscina de cocô pelo seu amigo. Não interessa quão “fodido” ele esteja, nada importa, só o seu amigo! (que amoooooooor!!!!! Love u friends)

Mas quando a dedicação é uma via de mão única e você se torna uma esponja para os IN-TER-MI-NÁ-VEIS problemas, um muro das lamentações, é chegada a hora de tirar o imã de louco do bolso!

Não precisa ser triste, nem uma novela mexicana, precisa ser verdadeiro e em um único ato. É muito importante lembrar dos bons momentos que PASSARAM juntos e dizer olhos nos olhos: “-Foi bom enquanto durou! Torço para que você seja feliz!” (E torça mesmo!)

Está me achando insensível? Então reflita: “Informação é igual à energia e energia é igual à informação; energia carrega energia e energia carrega informação; informação carrega energia e informação carrega informação”. Dá até um nó na cabeça, mas reflita.

Eu não vou listar atitudes exemplo de candidato(s) à futuro(s) ex amigo(s), porque bem no fundinho a gente sempre sabe quando o prazo de validade da amizade expira e começa a fazer mal, então é necessário reunir o último suspiro de afeto para ser altruísta/egoísta e libertar você e o seu amigo. Ou você do seu amigo. Seja honesto. Vai de Daza e desintoxique-se!

1 comentário Adicione o seu

  1. Jorge disse:

    De.Sin.To.Xi.Que-Se.. há um resultado bom, esperando por você!!!!!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s